Leiria Business School

Mensagem de Despedida | Vítor Hugo Ferreira

Mensagem de Despedida | Vítor Hugo Ferreira

“Toda a despedida é dor. Tão doce todavia (…)”

No final de 2012 o mundo era diferente… estávamos na ressaca da crise financeira, não havia Covid19, mas existia um sentimento de pessimismo latente. Eu também era diferente, tinha menos rugas e preocupações, mais otimismo na algibeira e menos experiência de liderança. O Jorge (então Presidente da Nerlei) e o Nuno (então Presidente do IPLeiria) decidiram falar comigo sobre o processo de implantação e desenvolvimento de uma escola de executivos em Leiria. Esta era uma ideia que eu acarinhava, porque acreditava neste modelo comprovado de “escolas de negócio”, mas era também uma ideia difícil, dado o contexto da época e a acérrima competição que existe no país e no mundo neste tipo de oferta. Mas os meus interlocutores não queriam só falar sobre o projeto, queriam convidar-me para o liderar, para ajudar este conceito “bebé” a dar os primeiros passos no mundo. A inovadora e criativa ideia havia sido lançada pela mente brilhante do Engº Ribeiro Vieira, que via como fundamental a existência de uma instituição que fizesse a ponte entre o saber do ensino superior e as necessidades do tecido empresarial da região de Leiria. O objetivo era formar novos líderes e quadros, qualificar os nossos empresários e gestores que muitas vezes sentiam falta de ferramentas mais sistematizadas, que pudessem alavancar o seu espírito empreendedor. Mais do que um projeto era um sonho, ser uma peça fundamental na competitividade da região, ajudar a colocar os conhecimentos científicos das ciências empresariais ao serviço das nossas PME, fazendo-as crescer e progredir. Mas tudo estava no início, foi necessário visitar escolas de negócio na europa, fazer benchmarking, desenhar a estratégia, criar planos de cursos de raiz, criar uma equipa e lançar mãos à obra. Com a ajuda do Luís e da Sandra, do nada lançámos uma escola e todas as mil e uma tarefas, pequenas e grandes, passavam por nós (desde o planeamento ao marketing, de preparar o coffee-break a gerir o curso). Fomos crescendo devagar, juntando novos elementos à nossa família (a Sónia, a Patrícia, a Patrícia 2, a Susete, a Daniela, o Jorge, o Paulo, a Catarina, o Vasco, o Gabriel, o Nelson e todos os empenhados estagiários que nos apoiaram). Formações e cursos inovadores foram sendo delineados, criando uma marca e um cunho forte na região. Houve muitos dias bons, com risos e partilhas e objetivos conquistados, mas muitos mais foram os dias com dificuldades ou barreiras inesperadas (e não é quase sempre assim na vida?). Mas persisti(mos) e perseverámos (mesmo com muitos custos pessoais e pausas noutras frentes profissionais), porque sempre acreditei no potencial deste projeto. Foram centenas de reuniões, aulas, workshops e conferências em que fui orador, moderador, formador e, sobretudo, um eterno aprendiz. Com todos estes momentos e com todos os alunos eu pude aprender e enriquecer a minha vida com milhares de histórias, de sorrisos e de partilhas. Mais de 1500 alunos depois e centenas de empresas apoiadas (que vejo como parceiros e não como clientes) é hora de partir e deixar a D. Dinis Business School crescer sem mim, lançando o desafio do amadurecimento a novos e profissionais atores (também o Jorge está hoje dedicado à Vipex, o  Luís à Cautio e Nuno é presidente do IAPMEI). É hora de dizer “até já” a todos aqueles que foram a minha família estes anos, é hora de agradecer a todos os que me tocaram e a quem eu toquei, mas também é hora de dizer que esta escola será cada vez mais uma peça fundamental no sucesso das empresas e na transformação das competências das pessoas da região. A todos o meu sincero obrigado! E à Leiria Business School o maior sucesso! (está longe do berço e a caminho do futuro!)

Subscreva a nossa newsletter e fique a par das últimas novidades